Últimas notícias

Quando o biografado dá música ao filme

A música do filme ‘The Possibilities are Endless’, um documentário sobre o músico Edwyn Collins, tem banda sonora onde o próprio tem um papel protagonista.

À espera de quem traga o filme a estes lados (assentaria que nem uma luva na secção IndieMusic do Indie Lisboa), The Possibilities are Endless é um documentário, realizado por James Hall e Edward Lovelace sobre o músico Edwin Collins (antigo vocalista dos Orange Juice e cantautor com percurso a solo desde finais dos oitentas).

Mais que um era-uma-vez contando uma vida ou uma carreira de fio a pavio, o filme foca atenções no processo que se seguiu ao AVC que o músico sofreu em 2005, e que o forçou a uma hospitalização de seis meses, o processo afetando-lhe gravemente a memória e a capacidade de comunicar. Uma espantosa recuperação (ainda em curso) devolveu-o entretanto aos discos e aos palcos. Não é disso que o filme trata, procurando antes colocar-se na forma de Edwin Collins lidar com as suas memórias (nem sempre muito claras) e o esforço de retomar uma relação com as canções e com as quer escutar.

A banda sonora junta canções antigas a alguns inéditos (alguns claramente compostos para servir instantes narrativos do filme) e, assinada em conjunto por Edwin Collins, Carwin Collins e Sebastian Lewsley, e editada tanto em CD como vinil (edição da ROM-AED / Popstock) sublinha a celebração de vida que o documentário traduz. – Nuno Galopim

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: