Últimas notícias

Dez ficções à volta de Júpiter

Texto: NUNO GALOPIM

Na semana em que vai chegar às salas de cinema o filme ‘A Ascensão de Júpiter’ aqui ficam dez exemplos de histórias de ficção que passam pelo maior planeta do nosso sistema solar.

Júpiter visto da colónia mineira em Io em "Outland: Atmosfera Zero"

A estrear esta semana, o filme A Ascensão de Júpiter, dos irmãos Wachowski, faz do maior planeta do nosso sistema solar um dos cenários da ação (apesar de Jupiter ser, na verdade, o nome da protagonista). Aproveitamos contudo o momento para lembrar como, mesmo longe do volume de histórias passadas na Lua ou em Marte, Júpiter e, sobretudo, as suas luas – quatro delas (Io, Calisto, Ganimede e Europa) tendo sido descobertas por Galileu com a ajuda de um telescópio – têm sido palco de várias aventuras de ficção. A mais remota será talvez a referencia em Micromegas, de Voltaire (1752), quando o protagonista refere que ali parou por um ano, na companhia de um saturniano… De então para cá, entre livros e, mais recentemente, filmes, o sistema constituído por Júpiter e os seus 67 satélites conhecidos já acolheu muitas histórias de ficção. Aqui ficam dez…

1950. Farmer in The Sky, de Robert A. Heinlein
(livro)
Numa Terra sobre-povoada no futuro, a saída está no espaço. Esta é a história de um jovem que encontra um novo rumo como agricultor em Ganimede, um dos satélites de Júpiter. Originalmente uma série publicada em partes na Boy’s Life, teve edição em livro em 1950.

1958. Buy Jupiter, de Isaac Asimov
(conto)
Alienígenas compram a uma autoridade terrestre o planeta Júpiter com o fim de o usar como um grande cartaz no qual passam a mostrar grandes mensagens publicitárias para naves que ali passem. Originalmente publicado na revista Venture Science Fiction, o conto foi depois incluído no volume antológico Buy Jupiter and Other Stories, publicado em 1975.

1968. 2001: Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick
(filme)
Com argumento de Arthur C. Clarke (que gerou depois a escrita de um livro – que abriu uma tetralogia) a descoberta de um monólito na Lua revela uma fonte emissora vinda de Júpiter. Uma missão é enviada a investigar… O filme, um dos clássicos maiores da ficção científica, é sobretudo uma grande reflexão sobre a relação entre o homem e a máquina.

1981: Outland: Atmosfera Zero, de Peter Hyams
(filme)
Thriller no espaço, protagonizado por Sean Connery. Conta a história de uma colónia mineira em Io, assombrada por uma série de crimes ligados a tráfico de droga e a um esquema de corrupção que envolve a hierarquia de toda a estrutura ali montada.

1984. 2010: O Ano do Contacto, de Peter Hyams
(filme)
Sequela direta de 2001: Odisseia no Espaço – retoma cenários e mesmo personagens – mas sem a dimensão do filme de Kubrick, assinala o regresso de uma missão ao sistema de Júpiter onde uma sequência de reações gera a transformação do planeta numa estrela, indiciando um berço de novas formas de vida numa das suas luas.

1987. 2061: Odyssey Three, de Arthur C. Clarke
(livro)
Continuação da saga iniciada em 2001 e continuada em 2010, fala de um futuro em que a pequena estrela em que Júpiter se transformou agiu sobre Europa, transformando o satélite, nele gerando um oceano. Uma trama de sabotagem e salvamento vai adensar o mistério sobre a origem dos monólitos avistados originalmente em 2001.

2001. Jupiter, de Ben Bova
(livro)
Um dos muitos volumes da Grand Tour Series – que tem projetado narrativas através de alguns planetas e satélites do sistema solar – leva-nos através das nuvens do planeta gigante onde são descobertas formas de vida.

2009. Galileo’s Dream, de Kim Stanley Robinson
(livro)
O autor da aclamada Mars Trilogy criou uma narrativa que corre em paralelo em duas épocas e na qual confronta Galileu Galilei (que com o telescópio descobriu as quatro grandes luas de Júpiter) com um futuro no qual Io, um dos mundos que identificou, é habitado por uma colónia humana.

2013. Europa Report, de Sebastian Cordero
(filme)
A história de uma primeira missão tripulada a Europa, uma das quatro grandes luas de Júpiter. A expedição perde a dada altura o contacto com a Terra e, além de lutar pela sobrevivência, acaba por fazer uma grande descoberta.

2015. A Ascensão de Júpiter, de Lana e Andy Wachowski
(filme)
Os irmãos Wachowski já tinham passado pelo sistema de Júpiter no anterior Cloud Atlas. Desta vez escondem sob as nuvens da atmosfera superior do planeta a central de operações e base de um dos protagonistas do novo filme.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: