Últimas notícias

A terceira vida dos Blancmange

Texto: NUNO GALOPIM

Depois de uma reunião no início da presente década, da qual surgiu um álbum, Neil Arthur continua, agora a sós, a dar vida a um nome que lembra boas memórias da pop electrónica dos anos 80.

Uma das mais interessantes duplas da primeira geração da pop electrónica made in UK, os Blancmange tiveram uma primeira vida relativamente curta, que nos deixou o trio de álbuns Happy Families (1982), Mange Tout (1984) e Believe You Me (1985) e uma mão cheia de belíssimos singles. A sua música juntava desde logo ao som da descoberta das novas ferramentas electrónicas e a uma angulosidade rítmica talhada igualmente pelas máquinas, uma curiosidade no diálogo com outras fontes de som e até mesmo geografias sonoras, não tendo sido de todo inesperado o tempero indiano da aventura a solo que Stephen Lusbombe, uma das partes da dupla, lançou em 1988 sob o nome West India Company. Depois de um fim anunciado depois do single I Can See It, em 1986, os dois músicos seguiram caminhos separados, Neil Arthur tendo editado também a solo, mas já nos anos 90. Em 2010 reencontram-se para reativar a parceria e o nome da banda, apresentando em Blanc Burn (2011) uma tentativa de evolução na continuidade, como que uma ponte se estabelecesse entre aquele momento e aquele em que a história fora interrompida. Seguiu-se um exercício de revisão de canções antigas em Happy Families Too, a anunciar já um novo afastamento de Luscombe, ficando apenas Neil Arthur a bordo, mantendo ativo (mesmo a solo) o nome da banda.

Há alguns meses surgiu Semi Detached, um primeiro álbum no qual tinha assim início uma terceira etapa na vida dos Blancmange. Um novo conjunto de canções, mantendo viva a assinatura pop electrónica dos Blancmange e sem ensejo em buscar pistas novas entre os cenários pop do presente, Semi Detached – consideravelmente mais interessante do que o álbum de reencontro Blanc Burn – tinha ainda na voz de Neil Arthur outro gancho capaz de ligar esta nova demanda à história da discografia clássica do grupo.

Pouco depois um segundo álbum ganhava forma como nova expressão da vontade de Neil Arthur em não fechar a nova existência dos Blancmange numa mera montra de heranças diretas da sua obra nos anos 80. Disco instrumental, Nil by Mouth mantém, como em Semi Detached, uma ligação a registos sonoros em tudo fiéis à linguagem clássica dos Blancmange. Mas abre novos caminhos e horizontes que lançam novas possibilidades a uma história que, assim, poderá continuar um caminho que não apenas o da simulação de um tempo que passou. Porque, mesmo sendo agradável de ouvir, Semi Detached sugere aquela algo perturbante ideia de parecer coisa nascida uma cápsula do tempo na qual o ano é o de 1984…

Nil by Mouth, originalmente apenas disponível na banca de merchandising dos concertos e através do site oficial dos Blancmange, tem agora uma vida em CD que lhe garante uma circulação mais fácil e vasta. Não representa uma experiência tão cativante quanto o é a que, sob uma lógica narrativa evidente, Luke Haines apresentou num outro álbum essencialmente instrumental lançado também este ano. Mas depois de encontrada uma resolução digna para o reencontro com a sonoridade clássica dos Blancmange em Semi Detached, é um álbum que, sem fechar a porta às electrónicas, nem mesmo aos teclados analógicos dos oitentas, lança pistas para um futuro para Neil Arthur que lhe possa dar (a ele e a nós, ouvintes) mais que uma safisfação pelo efeito da nostalgia. E isso é sempre de louvar!

“Semi Detached”
CD, LP e edição digital, Cherry Red
3 / 5

“Nil by Mouth”
CD e edição digital, Blank Check Records
3 / 5

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: