Últimas notícias

Montra dos novos lançamentos: Capote, Williams e Drummond de Andrade

Textos: N.G.

Três títulos de ficção recentemente publicados entre nós: “As Primeiras Histórias” de Truman Capote , “Butcher’s Crossing” de John Williams e “Contos de Aprendiz” de Carlos Drummond de Andrade.

Truman Capote
“As Primeiras Histórias de Truman Capote” (D. Quixote, 172 páginas)
Não foi há muito tempo que, entre os arquivos da Biblioteca Pública de Nova Iorque, foram encontrados aqueles que são agora os mais antigos textos de ficção de Truman Capote. São pequenos contos, nos quais ensaia primeiros passos não apenas na arte da criação de histórias, mas também numa forma de observar e comentar as figuras do seu tempo, juntando-se estes a outros textos que dele fazem um dos mais interessantes e contundentes retratistas da sociedade norte-americana do seu tempo numa edição que, tal como sucedera com Travessia de Verão, alarga a sua obra a escrita de uma fase de formação, mas já plena de marcas de identidade autorais.

Podem ler este artigo da New Yorker sobre este livro
E mais este texto do Independent

John Williams
“Butcher’s Crossing” (D. Quixote, 302 páginas)
Autor de Stoner, John Williams (não confundir com o compositor de bandas sonoras nem o guitarrista) foi um professor, editor e escritor norte-americano com berço no Texas em 1922 e trabalho feito entre rádios e jornais até se alistar na Força Aérea em 1942. Butcher’s Crossing, originalmente publicado em 1960, foi o segundo dos quatro romances que concluiu (deixou um quinto inacabado quando morreu em 1994). Com cenário no velho oeste em finais do século XIX, Butcher’s Crossing propõe um olhar realista e duro sobre um lugar e um tempo no qual a sobrevivência era uma diária, árdua e violenta. Há quem aponte este livro como um exemplo maior da ideia de anti-western.

Podem ler aqui uma crítica no Guardian
E esta na Spectator

Carlos Drummond de Andrade
“Contos de Aprendiz” (Companhia das Letras, 207 páginas)
Nome de referência da poesia em língua portuguesa e figura de reconhecido peso na história da literatura brasileira, Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) publicou este pequeno livro de contos quando estava perto de completar meio século de vida. Trata-se assim de uma incursão por terrenos menos habituais face ao que era a sua obra até então, mostrando os 15 contos aqui agrupados que revelam, nesta aventura pela prosa ficcionada, uma série de quadros, retratos e personagens que evocam o que era o Brasil nos primeiros tempos do século XX num corpo que, certamente, transporta ecos de vivências do próprio autor.

aqui uma breve apresentação do livro
E aqui um artigo sobre um destes contos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: