Últimas notícias

A SMUP, em Cascais, é o sítio onde interessa estar este fim de semana

Texto: HELENA BENTO

A Feira Morta volta a aliar-se à Associação Cultura no Muro para mais um fim de semana dedicado à edição de autor. Artistas e editores, autores de fanzines e ilustradores vão mostrar os seus trabalhos mais recentes. Haverá também concertos e workshops divididos pelos dois dias de feira

A Feira Morta, feira dedicada à edição de autor, volta à SMUP (Sociedade Musical União Paredense, a mais antiga coletividade da Linha de Cascais) este fim de semana, dias 30 e 31. Artistas e editores, autores de fanzines e revistas e vários ilustradores vão estar presentes nesta que é já a 11ª edição da feira para divulgar os seus trabalhos mais recentes – e outros menos recentes – na área da edição independente.

À semelhança do que aconteceu em edições anteriores, foi divulgado um programa de concertos, seis no total, que irão decorrer nos dois dias de feira. Sábado é dia de Far Warmth (17h), projeto de Afonso Arrepia Ferreira, que com as suas melodias “desoladoras e texturas nostálgicas” procura tocar o que chama “o distante calor interior”, Ostraliana (18h), em que Marta Sales, na voz e projeção de vídeo, surge acompanhada de Elisa Pône (percussão e baixo) e Rodrigo Dias (baixo), num espetáculo que alia som e live animation e que pretende assinalar o lançamento do fanzine “Sentido de Orientação”, e Bleandant (19h), nome notável do coletivo e editora independente A Besta.

Também no domingo o coletivo e label far-se-á representar por Verme, projeto de João Sousa que mistura “downtempo, idm [intelligent dance music], trip-hop, noise, drone, loop”, resultando numa “fusão de tempos, de sinais digitais, de samples derivados de sinais analógicos, de batidas furiosas”.

Às 18h de domingo, subirá a palco Jejuno, ou Sara Rafael, seguindo-se depois, às 19h, os Brynje 1og2, que são Holger e Asger Hartvig; o duo dinamarquês encontra-se temporariamente numa residência artística no Barreiro a trabalhar no projeto Clube de Nova Manhã, o seu longo repertório de produções e colaborações, que inclui peças para rádio e colaborações com a trupe Yoyooyoy, Goodiepal ou Dean Blunt.

A programação para os dois dias de feira inclui ainda um workshop de escrita criativa no sábado, das 16h às 19h (repete no domingo) conduzido pelo escritor Rafael Dionísio (Algumas Pessoas depois, O Tempo da Geração Espontânea) e outros dois workshops conduzidos por Ana Menezes e João Mascarenhas e Marc Parchow, Pequenas Criaturas (sábado, das 16h às 19h) e Da Ideia ao Livro (domingo, a partir das 15h), respetivamente, mais virados para o público infantil.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: