Últimas notícias

“Viva!”: memórias de palco com os Roxy Music

Texto: NUNO GALOPIM

O primeiro disco ao vivo dos Roxy Music surgiu em 1976 numa altura em que o grupo entrava em pausa que só seria interrompida em 1979. Depois de 1983 novas edições de arquivo aumentaram a sua discografia de palco.

Depois de lançado o álbum Siren, o quinto disco de estúdio dos Roxy Music, a banda regressou à estrada. E, como acontecera em digressões anteriores, houve ocasiões nas quais juntaram um estúdio móvel à régie que assegurava o som do concerto e, bobinas a rodar, assim se gravou mais uma noite de palco. Tanto que, terminada a digressão, e com a banda a preparar-se para, depois da estrada, entrar em pausa (sem dia regresso logo anunciado), chegara a hora para dessas várias bobinas entretanto acumuladas fazer nascer um primeiro álbum ao vivo dos Roxy Music. E assim surgiu Viva!

Editado em 1976 o álbum resultava de uma montagem (em estúdio) de excertos de gravações de três concertos de três digressões distintas, juntando assim canções registadas ao vivo em 1973 no Apollo (em Glasgow), em 1974 no City Hall (Newcastle) e, em 1975, no Empire Pool em Wembley (Londres).

A diversidade de fontes, que o trabalho de estúdio sequenciou criando a ilusão de um contínuo, permite um retrato não apenas de um intervalo de tempo na vida de palco dos Roxy Music (aquele que corresponde ao seu período de maior fulgor em concerto) como acompanha o seu percurso discográfico, recuperando temas de todos os álbuns editados até então, salvo Country Life, e com particularmente intensa representação de For Your Pleasure (de cujo alinhamento saem três dos oito temas que fazem Viva!, entre eles uma versão de mais de oito minutos de In Every Dream Home a Heartache. Não é contudo a mais longa das faixas, o recorde aqui cabendo a uma leitura, com mais de dez minutos, de If There Is Something, tema do álbum de estreia.

Viva! foi então o primeiro disco ao vivo dos Roxy Music e, na verdade, o único que a banda editou antes da separação que chegou após a digressão que se seguiu a Avalon e que seria retratada no EP The High Road (1983) e, mais tarde, no álbum Heart Still Beating (1990).

Quando, em 2003, o grupo lançou Roxy Music Live, um novo disco ao vivo, documentando a digressão de reunião que os levou a vários palcos em 2001, outros títulos do arquivo registos de palco dos Roxy Music tinham entretanto chegado ao mercado, entre eles Concert Classics (Ranch Life, 1998), com um concerto da Manifesto Tour gravado em Denver, no Colorado, em 1979. Esta mesma gravação teria nova edição, em 2001, pela Pilot, com o título Concerto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: