Últimas notícias

A voz política de Jean Michel Jarre

Texto: NUNO GALOPIM

O segundo volume do díptico “Electrononica” junta a parceiros musicais como os Pet Shop Boys, Gary Numan, Primal Scream, The Orb, Cyndi Lauper ou Julia Holter a voz falada de Edward Snowden.

No outono de 2015 Jean Michel Jarre assinalava o seu regresso aos discos com Electronica 1 – The Time Machine. O álbum não só revelou o que de mais interessante a sua música nos deu a escutar desde o já distante Chronologie (de 1993), como assegurava uma série de diálogos através dos quais um dos pioneiros da aventura electrónica em terreno pop(ular) estabelecia parcerias ou com os seus contemporâneos ou com muitos daqueles que o tiveram como referência. Ali o escutávamos assim, ora ao lado de Edgar Froese (dos Tangerine Dream, naquela que foi a sua derradeira gravação), de John Carpenter ou Laurie Anderson (com quem tinha trabalhado em 1984 em Zoolook), como em parcerias com nomes de outras gerações, de Vince Clarke, 3D (dos Massive Attack) ou Air aos M83, Fuck Buttons ou Little Boots. Agora, e como aquele “1” sugeria no título, chega o segundo volume. E se na esmagadora maioria da seleção de convidados se repete este modelo de encontros com figuras de vários tempos, a grande surpresa materializa-se na presença de um não músico, mas com quem Jean Michel Jarre acaba assim por assinar a sua obra mais política de sempre: Edward Snowden.

Não é a primeira vez que um disco de Jean Michel Jarre transporta uma carga política. A digressão pioneira pela China em 1981, que representou então a primeira presença da música electrónica ocidental por aqueles lados, carregou todo uma carga de sentidos políticos. Aquela era, em termos culturais, uma ponte que se estabelecia tal como, anos antes, a viagem de Nixon o fizera no campo da diplomacia. Anos depois, ao destruir os masters de um novo disco de estúdio, ao qual chamou Music For Supermarkets e do qual foi vendido apenas um exemplar, deixou evidente uma afirmação – também política – sobre a ideia de mercado associada à música (o que não o impediu, convenhamos, de explorar esse mercado com outros discos e concertos que não eram para apenas um cliente). Em Electronica 2 – The Heart of Noise, ao chamar Edward Snowden a um dos “duetos”, Jean Michel Jarre junta a sua à voz de uma figura que ganhou um valor icónico no nosso tempo, levando o disco a ser uma peça num jogo de reflexões sobre um mundo sob vigilância e a noção de liberdade que, ainda há pouco tempo, teve em Coração de Cão, de Laurie Anderson, outra expressão.

Além desse momento em Exit, que junta as electrónicas de Jarre a palavras faladas de Snowden, o álbum segue caminhos semelhantes aos do volume um, ensaiando diálogos pop com os Pet Shop Boys em Brick England ou com Cindy Lauper em Swipe to the Right, é festivo com os Primal Scream em As One (que usa samples de Come Together), experimenta angulosidades menos polidas com Peaches (em What You Want) e reencontra pioneiros da pop electrónica como os Yello ou Gary Numan. Junta marcas de relacionamento francês com Christophe e Sébastien Tellier, uma vez mais mostrando o desejo em estabelecer pontes com várias gerações de músicos. E tem talvez na parceria com Julia Holter, em These Creatures, um dos melhores momentos deste par de álbuns de colaborações.

Agora, nada como partir destas afirmações de diálogo para a (re)descoberta de uma obra que acabou injustamente quase ignorada na hora de apontar figuras de peso e influência na história da música popular. Há de facto alguns episódios menos estimulantes na obra de Jean Michel Jarre (sobretudo os grandes concertos que muitos tomaram como expressão única da sua obra). Mas uma condigna viagem de reencontro a álbuns como Oxygène (1976), Equinioxe (1978), Magnetic Fields (1981) ou Zoolook (1984), e até mesmo títulos como Revolutions (1988) ou Chronologie (1993) justificam o reconhecimento como referência pioneira que, afinal, toda esta multidão de colaboradores, nele reconhece.

Jean Michel Jarre
“Electronica 2 – The Heart of Noise”
RCA Records
★★★

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: