Últimas notícias

‘Ummagumma’: o todo vale mais do que a soma das partes

Texto: NUNO GALOPIM

Editado em 1969, o quarto álbum dos Pink Floyd junta um disco gravado ao vivo a um outro no qual cada um dos quatro elementos do grupo teve liberdade para criar um quatro da extensão do tempo disponível.

Apesar do esforço de demanda registado em A Saucerful of Secrets (1968) e da procura de caminhos de proximidade ainda maior entre a música e as imagens que acompanhou a criação da banda sonora do filme More (1969) de Barbet Schroeder, o quarto álbum dos Pink Floyd acabaria por traduzir mais um episódio de transição, encerrando contudo com a chegada ao fim de década de 60 os ecos de um primeiro ciclo e das suas mais imediatas sequelas. A década de 70 entraria com o primeiro álbum de estúdio integralmente pensado sem qualquer relação com a presença de Syd Barrett nesse espaço de trabalho, ao mesmo tempo que o antigo vocalista e principal compositor do grupo se estreava a solo com The Madcap Laughs. Ummagumma, o álbum que lançam na reta final de 1969 é, mais do que desse episódio de transição, um espaço de coexistência de planos de trabalho, propondo o alinhamento deste disco (duplo) um retrato de palco – naquele que foi assim o primeiro registo ao vivo oficial do grupo – e um conjunto de olhares muito pessoais sobre os quatro elementos do line up do grupo após a saída de Syd Barrett.

O álbum ao vivo – que prefaz o disco 1 – junta temas gravados entre o Mothers Club em Birmingham e o Manchester College of Comerce em 1969, num alinhamento que recua aos dias do álbum de estreia com Astronomy Domine (de Syd Barrett), junta dois temas do álbum de 1968 – o que lhe dá título e o marcante Set The Controls For The Heart of the Sun – e ainda Careful With That Axe Eugene, que tinha originalmente surgido como lado B do single Point Me at the Sky, o terceiro da fase pós-Barrett, lançado em 1968.

Se este é um interessante olhar sobre o que era então a vida em palco dos Pink Floyd, já o disco “de estúdio” traduz uma ideia de fragmentação que, se por um lado é capaz de traduzir uma ideia interna de democracia, por outro deixou claro que a banda era mais forte no todo do que na mera soma das suas partes.

A ideia que comandou a construção deste “disco 2” conferia a cada um dos quatro elementos a metade de tempo de cada uma das faces, deixando a criação entregue a cada um deles. Richard Wright apresentou nas quatro partes da suite a que chamou Sysyphus um flirt com formas da música contemporânea, valorizando sobretudo a presença do piano. Entre Grandchester Meadows e Several Species of Furry Animals Gathered Together in a Cave and Grooving with a Pict, Roger Waters estabelece uma evidente vontade em pensar a canção como um corpo que carece de um cenário, nestes casos usando sons de pássaros para o desenhar. Da autoria de David Gilmour, as três partes de The Narrow Way são talvez as que mais fortemente estabelecem laços entre as demandas até aí registadas e os sinais de caminhos que os Pink Floyd teriam pela frente. Nick Mason encerra o alinhamento com o tríptico The Grand Vizir’s Garden Party, outro flirt com os terrenos da música contemporânea, explorando aqui sobretudo os sopros (em particular as flautas) e a percussão.

Apesar das boas críticas, dos resultados favoráveis nas vendas e da posterior transformação deste álbum numa peça de culto, Ummagumma foi, com o tempo, conhecendo um progressivo distanciamento dos músicos, que o acabariam por tomar essencialmente com uma experiência nem sempre com os melhores resultados. Convenhamos que tinham razão.

O álbum Ummagumma acaba de ser reeditado em vinil duplo de 180 gramas, como parte de uma campanha, em curso, de lançamentos da discografia dos Pink Floyd.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: