Últimas notícias

“Sculpt”: Abel Ferrara, Charlotte Rampling e Willem Dafoe nas alucinações de Gréaud

Texto: JOSÉ RAPOSO

As projeções da longa metragem do artista concetual Loris Gréaud decorrem, a partir de dia 16, em exclusivo no LACMA, em Los Angeles, por um período ainda indeterminado, e contarão apenas com um espectador por sessão.

Estreia a 16 de Agosto e faz lembrar as extravagâncias dos blockbusters, mas desta vez vem de um dos mais destacados museus de arte contemporânea. Co-produção do Los Angeles Country Museum of Art (LACMA) em associação com o Noimonartproduction, um importante estúdio responsável pela produção de obra de artistas como Jeff Koons ou Brigitte Nahon, a estreia da longa metragem do artista concetual Loris Gréaud contou ainda com a colaboração da produtora cinematográfica MK2. Gréaud, que ao longo da sua carreira tem vindo a investigar as fronteiras entre a realidade e ficção a partir de instalações em larga escala e de ambientes imersivos, tem aqui a sua primeira experiência de grande fôlego na imagem em movimento, numa obra marcada pelo cruzamento de uma forte sensibilidade plástica próxima do horror, com uma história cerebral, senão mesmo críptica.

Sculpt é um filme no horizonte da ficção cientifica e que toma como referência os mecanismos da perceção reguladores da formação de experiências. Qual o sentido da beleza enquanto experiência percetiva? Num universo onde a gravação de pensamentos se tornou possível, a exploração das possibilidades das paisagens interiores da consciência tornou-se um domínio da atividade económica: eis uma imagem do Humanismo cooptado pelas leis do mercado global.

No filme, a narrativa é conduzida pelos pensamentos de um homem do qual pouco se sabe, mas que parece vindo da melhor tradição cyberpunk: é através deste protagonista misterioso que entramos nesse ecossistema que faz da consciência mercadoria, uma dimensão controlada por uma série de agentes que detêm o monopólio sobre as possibilidades da perceção. Gréaud contou com a colaboração de um elenco de luxo: Abel Ferrara, Charlotte Rampling e Willem Dafoe, são alguns dos atores que irão esculpir as abstrações psicológicas que habitam aquele universo.

Sculpt será também uma experiência única, na medida em que propõe novas formas de aceder à experiência cinematográfica. Gréaud reconfigurou por completo o Bing Theater, numa intervenção arquitetónica que alterou por completo a sala de cinema, como se aquele espaço fosse uma extensão do espaço fílmico. As projeções serão feitas em exclusivo no LACMA por período ainda indeterminado, e contarão apenas com um espectador por sessão. Mas não desesperem os mais pessimistas: durante a exposição estão previstas projeções bootleg por todo o mundo em locais ainda por desvendar, e excertos da obra serão colocados a circular na dark net.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: