Últimas notícias

David Bowie entre gnomos e outra bonecada

Texto: NUNO GALOPIM

Estreado há 30 anos, o filme “Labirinto”, realizado pelo criador de Os Marretas, representou uma das raras experiências em que David Bowie aliou a sua música ao trabalho como ator. Há uma nova edição em Blu-ray.

Reise ins Labyrinth, Die USA 1986 Regie: Jim Henson Darsteller: David Bowie Rollen: Koboldkoenig Jareth

Dez anos depois da sua estreia no cinema em O Homem Que Veio do Espaço, de Nicolas Roeg, David Bowie não tinha aindo juntando um trabalho de escrita de música a qualquer das sua experiências como ator no grande ecrã. E convém lembrar que, por esta altura, tinha já desempenhado papéis de grande protagonismo não só nesse filme de 1976, mas também em Just a Gigiolo (1978), de David Hemmings , Feliz Natal Mr. Lawrence (1983) de Nagisa Oshima ou Fome de Viver (1983) de Tony Scott. No teatro, por exemplo, tinha já criado música para uma produção de Baal, de Brecht, que a BBC filmou para um programa de televisão. É verdade que, na adaptação ao cinema de Christiane F, por Uli Edel, o tínhamos visto inclusivamente em palco, mas fazia-o com canções que estavam já gravadas em disco. 1986 abriria duas frentes de trabalho para que esse casamento finalmente ocorresse. Uma delas no filme de época Absolute Beginers, de Julian Temple, cuja canção-tema valeria a Bowie o seu maior êxito durante os 17 anos seguintes. A outra, que o envolveu ainda mais profundamente na escrita de canções, e do qual nasceu uma colaboração quase no plano do que esperaria de um filme musical, aconteceria em colaboração com Jim Henson, o criador d’Os Marretas

Jim Henson estava já a desenvolver a ideia de um filme de fantasia com bonecos e no qual queria envolver a presença de um músico, tendo a produção considerado hipóteses como as de Sting, Michael Jackson ou David Bowie. Foi este último o seu escolhido, tendo a primeira abordagem ocorrido em 1983, quando a Serious Moonlight Tour – a digressão que se seguiu a Let’s Dance – estava prestes a arrancar. Bowie mostrou-se interessado, aceitou criar canções (que ele mesmo interpretaria depois salvo uma, que ficaria por conta da bonecada) e exigiu apenas, perante uma das versões do argumento, que tivesse mais humor. E assim se fez…

Labirinto, que além de David Bowie coloca em cena (com protagonismo) apenas mais uma figura humana – a de Jennifer Connelly – é uma aventura em terreno mágico, vivida por uma menina que passa os dias a sonhar com contos de fadas e, uma noite, pede ao rei dos gnomos que leve o irmão, um bebé, que não para de chorar… Acontece que o pedido é levado a sério pelo rei dos Gnomos, que afinal existe mesmo e (interpretado por Bowie) aparece em cena para levar o bebé, dizendo àquela que pedira a sua intervenção que só o voltaria a ver se conseguisse vencer o labirinto. E aí, entre seres bizarros – uns são bonecos de trapos, outros são jogos de formas feitas com mãos – vai passar por uma odisseia ao jeito de um Senhor dos Anéis ou uma Alice no País das Maravilhas, mas em terreno adubado com disparates bem humorados, com figuras que não têm muito jeito para o ser mazinhas, pântanos fedorentos ou um cão que segue fielmente os códigos de honra da cavalaria…

Se o clima narrativo é de fantasia, já o ambiente divertido em que tudo acontece, é servido em puro estilo à la Marretas. E aí encaixam na perfeição as canções de Bowie, desde o mais mediatizado Underground – que foi editado em single, com um teledisco a usar imagens do fime – ao igualmente festivo Magic Dance, com nota de destaque para o mais sombrio Within You, que serve uma das sequências visualmente mais assombrosas do filme.

Trinta anos depois Labirinto está a ser alvo de uma edição especial em Blu-ray, num lançamento exclusivo da Amazon que inclui um booklet de 24 páginas com textos e imagens.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: