Últimas notícias

Os melhores filmes de 2016, por Nuno Carvalho

Texto: NUNO CARVALHO

O filme do canadiano Denis Villeneuve foi o mais surpreendente de 2016. O Primeiro Encontro alia a uma história de ficção científica um tom contemplativo e uma força emotiva difíceis de conjugar num só filme de forma tão sólida (e uma grande interpretação de Amy Adams). Outro filme que se destaca pelo poder sentimental (mas não sentimentalista, clarifique-se) é Eu, o Earl e a Tal Miúda, de Alfonso Gomez-Rejon (que ganhou no ano passado o Grande Prémio do Júri e o Prémio do Público do Festival de Sundance). Entretanto, dois filmes desta lista, De Palma e Midnight Special, foram vistos fora do circuito habitual das estreias (o primeiro passou no MOTELx e o segundo foi visto em VOD, uma vez que por cá não teve estreia em sala). Mas poderíamos ainda acrescentar a este top 10 duas menções honrosas: Desde Allá, de Lorenzo Vigas (exibido no IndieLisboa e que causou surpresa ao ganhar em 2015 o Leão de Ouro em Veneza), e Evolução, de Lucile Hadzihalilovic.

1º O Primeiro Encontro, de Denis Villeneuve
2º Love Is Strange – O Amor É Uma Coisa Estranha, de Ira Sachs
3º Ela, de Paul Verhoeven
4º O Filho de Saul, de László Nemes
5º O Clube, de Pablo Larraín
6º Eu, o Earl e a Tal Miúda, de Alfonso Gomez-Rejon
7º De Palma, de Noah Baumbach e Jake Paltrow
8º Midnight Special, de Jeff Nichols
9º Nostalgia da Luz, de Patricio Guzmán
10º O Abraço da Serpente, de Ciro Guerra

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: