Últimas notícias

Uma outra dimensão para Sherlock Holmes

Texto: GONÇALO COTA

Foram quatro anos de espera. E agora surge a curta nova temporada, com apenas três episódios, pela qual vemos a construção de uma outra identidade para a personagem interpretada por Benedict Cumberbatch.

Após quatro anos de espera, a pequena temporada de três episódios de Sherlock revelou-nos a construção de uma outra identidade (não será esta a verdadeira?) da personagem interpretada por Benedict Cumberbatch.

Sob a égide do sentimento como força motriz da própria racionalidade de Sherlock Holmes emergem novas personagens que fazem com que o universo de Sir Arthur Conan Doyle, que se (re)materializa numa Londres contemporânea a partir da porta 221B de Baker Street, ganhe novos contornos.

O último episódio desta temporada é o mais relevante de todos. The Final Problem, surge estrategicamente concebido para que possa ser um digno último episódio para a série – muito cerebral, sem se ancorar nas deduções sucessivas; dramático, sem se tornar demasiado enfadonho.

Conceitos até então pouco explorados – como a família e a infância – passam a ser as peças estruturantes para tornar esta temporada não só a mais interessante, como a mais disruptiva da série, com o encadeamento comum às três anteriores temporadas. Apesar de me ter agradado pela intensidade, suprimem-se, contudo, as explicações lógicas e detalhadas sobre determinados pontos-chave, tornando a história muito difusa e atafulhada de reviravoltas que, honestamente, são desinteressantes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: