Últimas notícias

“N.E.W.S”: Rotas jazzy de Prince pelos quatro pontos cardeais

Texto: NUNO GALOPIM

Editado em 2004 o álbum “N.E.W.S” é um conjunto de quatro temas instrumentais jazz que Prince gravou num só dia, em Paisley Park, com alguns colaboradores seus. Surgido via NPG Music Club, o disco teve depois edição em CD em alguns territórios.

Se bem que as atenções estivessem focadas nas pontes que ia estabelecendo entre os domínios da canção pop/rock, os terrenos do r&b e do funk e outros trilhos mais, a obra de Prince já visitava o jazz nos oitentas. E parte dessa relação pode escutar-se nos discos lançados através do coletivo Madhouse. Com a viragem do milénio e o álbum The Rainbow Children (2001) voltou a dar protagonismo maior a um universo que na verdade nunca deixou de habitar a música de Prince mas que sem sempre conhecera tão evidente protagonismo. A abertura de possibilidades editoriais posta em marcha com o lançamento de um serviço online – o NPG Music Club – estimulou a ousadia. E Prince não só deixou o jazz soar mais ostensivamente do que nunca na sua música como, nos primeiros anos do século XXI resolveu lançar discos instrumentais.

Se Xpectation (de 2003) tinha representado uma experiência meramente digital (no formato de distribuição), já o seu segundo álbum instrumental editado a solo como Prince começou por surgir igualmente como proposta online, mas poucos meses depois acabou mesmo a ter lançamento físico, em CD, em alguns territórios.

N.E.W.S. é um disco feito de quatro temas de 14 minutos, cada qual apresentando-se com o título de um ponto cardeal: North, East, West e South. Daí o título… O disco foi gravado num só dia em Paisley Park, chamando a estúdio as colaborações de Eric Leeds (saxofones), John Blackwell (bateria), Renato Neto (teclas) e Rhonda Smith (baixo).

Os quatro temas, claramente desenhados em solo jazzy cativaram contudo atenções relativamente curtas, sendo este apontado como o disco de Prince com vendas mais tímidas de sempre. Mesmo assim o álbum atingiu o Top 10 da tabela de vendas digitais da Billboard (numa altura em que esse era ainda um mercado muito reduzido). E valeu-lhe uma nomeação para os Grammys na categoria de Melhor Performance Pop Instrumental.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: