Últimas notícias

A viagem do elefante

Texto: NUNO CARVALHO

O mais notável em “Pop Aye” é mesmo o lado “eye-popping” das imagens, com belos enquadramentos e um elegante sentido estético. A história não é tão bem conseguida, surgindo o elefante quase como uma espécie de “gimmick” que dá à história um elemento “exótico” e “bizarro” superficial.

Estreia na realização da singapurense Kirsten Tan, Pop Aye conta a história de Thana (Thaneth Warakulnukroh), um arquiteto de Banguecoque em processo de obsolescência profissional e a atravessar uma crise de meia-idade que deixa tudo para trás (uma vida profissional em que está desenquadrado e foi ultrapassado por uma nova geração ansiosa por derrubar aqueles que vê como representantes de um passado decadente, e uma vida conjugal desfeita) e parte na companhia de Popeye (Bong), um elefante que crê ter conhecido na infância e que reavê depois de o adquirir a um circo, encetando uma viagem pela província tailandesa em direção à sua terra natal, onde espera encontrar o único familiar que lhe resta.

O mais notável em Pop Aye é mesmo o lado “eye-popping” (i.e., atraente) das imagens, com belos enquadramentos e um elegante sentido estético. A história não é tão bem conseguida, pois, ainda que estejamos perante um filme indie que não pretende ser uma road trip sentimental sobre a ligação entre um homem empurrado para uma dinâmica regressiva e um animal que lhe faz companhia numa viagem existencial de gradual afundamento num certo pântano de nostalgia, nunca são exploradas as reais potencialidades da relação entre Thana e Popeye, surgindo o elefante quase como uma espécie de gimmick que funciona para dar à história um elemento “exótico” e “bizarro” mais do que para construir um verdadeiro elo entre o protagonista e o seu paquidérmico amigo. É certo que Pop Aye pretende ser uma comédia com tonalidades absurdas, mas, mesmo assim, falta-lhe uma dimensão afetiva mais cativante e humana.

“Pop Aye”, de Kirsten Tan, com Thaneth Warakulnukroh, Penpak Sirikul, Bong, está em exibição numa distribuição da Alambique Filmes ★★

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: