Últimas notícias

Philip Glass vai completar em 2019 a trilogia de sinfonias baseada em álbuns de David Bowie

Depois de ter apresentado, nos anos 90, duas sinfonias baseadas em reflexões sobre os álbuns de 1977 Low e Heroes, Philip Glass vai concluir agora uma ideia, já antiga, de completar a sua abordagem à chamada “trilogia berlinense” de David Bowie, com uma nova sinfonia centrada no álbum Lodger.

Encomendada pela Los Angeles Philharmonic Orchestra e a Dresden Philharmonic Orchestra, a obra vai ter estreia mundial em Los Angeles, em 2019, assinalando os 40 anos sobre a edição do álbum de Bowie que inspira esta sinfonia. Em maio do próximo ano o Southbank Centre, em Londres, vai acolher também uma apresentação Lodger Symphony, numa interpretação pela London Contemporary Orchestra com o organista James McVinnie como solista.

Este projeto chegou a ser discutido por Glass com Bowie tanto, que, depois da morte do autor de Lodger o próprio Glass sugeriu que haveria uma possibilidade de vir a ser concretizado. Possibilidade que se concretiza agora com a encomenda oficial da sinfonia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: