Últimas notícias

Fechar os olhos para escutar a paisagem

Texto: NUNO GALOPIM

O compositor britânico Robert Morris apresenta em “Rippling” duas sugestões de paisagens sonoras criadas com sons captados no mundo real, trabalhados sob a intervenção de um laptop.

Compositor de origem britânica, Robert Morris (n. 1943) explora em Riplling uma noção de música que parte de uma relação entre os sons da natureza e as possibilidades de manipulação que o laptop oferece ao músico.

Gravado ao vivo numa atuação em Rochester (no estado de Nova Iorque), Riplling apresenta-se dividido em duas partes. Na primeira, Mountain Streams, todos os acontecimentos resultam de jogos criados por sons feitos por água corrente.

Mysterious Landscape é uma peça eletroacústica improvisada inteiramente criada por Morris com o seu laptop e que nasce de desenhos com sons que ora convocam registos do mundo natural ora lançam no espaço cénico sugestões de outras ondas (sonoras) que definem, em conjunto, as várias pelas de uma paisagem imaginária.

“Rippling”, de Robert Morris, está disponível em CD e nas plataformas digitais numa edição da Ravello

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: