Últimas notícias

Quando o editor arregaça as mangas

Texto: NUNO GALOPIM

Richard Russell, o responsável pela XL Recordings, juntou um elenco de nomes, entre os quais estão as Ibeyi, Sampha, Peter Gabriel, Green Gartside ou Owen Pallett para criar um álbum, tal como o patrão da 4AD em tempos fez com os This Mortal Coil.

Richard Russell

A figura do “editor” discográfico tem andado ultimamente algo distante da linha da frente das atenções. A concentração de etiquetas em grandes grupos e a fragmentação do panorama em pequenos operadores independentes, por vezes associados aos próprios artistas, foi retirando gradualmente do mapa a presença de figuras “com ouvido” e ousadia que, contra as marés do gosto dominante, juntaram à história da música os episódios que foram escrevendo a diferença e, muitas vezes, a revolução. De Daniel Miller (Mute) a Manfred Eicher (ECM), de Ahmet Ertegun (Atlantic) a Ivo Watts Russell (4AD), de Giles Peterson (Talkin’ Loud) a James Lavelle (M’Wax), os grandes editores são nomes de peso determinante em muitos episódios na história da música. E está na hora de prestar este tipo de reconhecimento ao homem no leme da XL Recordings, a editora que em tempos ganhou visibilidade com os Prodigy e uma família de nomes ligados à música de dança e, depois, elevou o estatuto da editora com o sucesso de Adele e ao chamar ao seu catálogo Arca, Thom Yorke ou os próprios Radiohead.

Richard Russell passou um mau bocado recentemente. Hospitalizado, recebeu então de Geoff Barrow (dos Portishead) um pequeno teclado, com o qual foi ocupando os seus dias… Recuperado, mostra agora em disco os primeiros ecos de uma outra relação sua com a música: a de criador. Everything Is Recorded by Richard Russell não é mais do que o primeiro álbum do editor da XL Recordings, revelando um conjunto de temas que ganham forma através da colaboração de um elenco de figuras de relevo no panorama atual, demonstrando clara expressão de um gosto pelos caminhos do r&b mais contemporâneo e seus arredores. Com colaboradores que vão de Sampha às Ibeyi, de Green Gartside (dos Scritti Politti) a Owen Pallet ou Peter Gabriel, o projeto representa, assim, uma espécie de This Mortal Coil (a banda criada pelo patrão da 4AD nos oitentas) talhados ao gosto de Richard Russell e afinado a demandas (temáticas e musicais) que fazem sentido nos tempos que correm. Boa surpresa, senhor editor!

“Everything is Recorded by Richard Russell”, do projeto Everything Is Recorded, está disponível em LP, CD e nas plataformas digitais, em edição da XL Recordings. ★★★★★



Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: