Últimas notícias

Da Terra à Lua: Nas origens do programa espacial

Texto: NUNO GALOPIM

Assinala-se este mês o meio século sobre a missão Apollo 7, a primeira tripulada e bem sucedida do programa criado pela Nasa para levar o homem à Lua. Hoje recorda-se a pré-história desses acontecimentos.

Wernher Von Braun

Se o homem chegou à Lua em julho de 1969 um percurso houve que, juntando ingredientes de ciência, de tecnologia e de vontade política, sem esquecer umas pitadas de sonho e esforço, permitiu traçar toda uma história de feitos e odisseias que fizeram os primeiros tempos da aventura espacial.

Há trabalhos nos universos da física e da engenharia que estão na base do conhecimento que permitiu a dois visionários sonhar mais alto ainda na primeira metade do século XX. Na Alemanha Wernher Von Braun e, na então URSS, Sergei Korolev, foram pioneiros com um historial que recua no tempo até bem antes do arranque dos programas especiais aos quais estiveram ligados.

Perseguido numa das purgas de Estaline, encerrado num gulag na Sibéria em 1938, mas “chamado” de volta quando ficou claro que em tempo de guerra fazia falta ter por perto os engenheiros, Korolev acabaria por ser enviado à Alemanha para tentar recolher informação sobre os avanços das equipas ao serviço da Luftwaffe e, depois, ser um dos grandes responsáveis pela criação dos foguetões que permitiram aos russos ser os primeiros a colocar em órbita um satélite (o Sputnik, em 1957) e, depois, um primeiro astronauta (Iuri Gagarin, em 1961).


Korolev


Lançamento do Sputnik 1, em 1957

Por seu lado Von Braun era um dos vultos de referência do programa militar alemão que encarou o desenvolvimento de novas armas de ataque aéreo, nomeadamente a V2. Nas reviravoltas dos destinos da guerra escapou dos nazis e entregou-se com elementos da sua equipa aos americanos.

Perante o desinteresse de Eisenhower pela conquista do espaço, o trabalho das equipas de Von Braun não conheceram particulares progressos (nem fundos) durante a década de 50. Tudo mudou com o lançamento do Sputnik e o receio dos eventuais avanços militares soviéticos. Assim, depois de experiências falhadas com uma equipa da marinha americana, Von Braun foi chamado para trabalhar diretamente no lançamento de um primeiro satélite americano. Um míssil Jupiter C, que usava tecnologia com genética nas velhas bombas V2, foi devidamente adaptado à nova missão e acabou por levar para o espaço o Explorer 1. Em 1958 era formada a NASA. E entre as suas primeiras missões estava tentar ultrapassar as conquistas já feitas pelo programa espacial soviético…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: