Últimas notícias

Bernardo Bertolucci morreu aos 77 anos

O realizador italiano Bernardo Bertolucci, autor de clássicos do cinema como “O Último Imperador” (1987) ou “O Último Tango em Paris” (1972) morreu em Roma, aos 77 anos.

Natural de Parma, onde nasceu em 1941, Bertolucci era filho de uma professora e de um poeta que foi também crítico de cinema. O ambiente em casa sugeriu assim primeiros estímulos e lançou as bases de uma consciência não apenas artística mas também política que o acompanhou ao longo de toda a sua vida e obra.

Inicialmente queria seguir as pisadas literárias do pai e chegou a fazer o seu percurso universitário nesse sentido. Mas em 1961 deu por si a trabalhar como assistente num filme de Pasolini, iniciando a sua carreira como realizador pouco depois. Estreou-se em 1962 com “La Commadre Secca”, com argumento do próprio Pasolini.

Ganhou notoriedade em 1964 com “Depois da Revolução”, tendo a sua obra alcançado uma dimensão global nos anos 70 com títulos como “O Último Tango em Paris”, “1900” (1976) e “La Luna” (1979). Nos anos 80 e 90 juntou à sua obra títulos igualmente marcantes como o colossalmente aclamado “O Último Imperador” (que lhe valeu um Óscar para Melhor Realizador) e a adaptação ao cinema de um romance de Paul Bowles em “Um Chá no Deserto”. Depois da viragem do século assinou duas longas metragens, a mais recente das quais “Io e Te” era baseada num romance de Nicolo Ammaniti.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: