Últimas notícias

Prince: um ano depois

Texto: NUNO GALOPIM

A notícia da morte de Prince chegou há um ano. Doze meses depois somou números incríveis de vendas de discos e chegou aos principais serviços de streaming. E, depois de uma antologia lançada em dezembro, vem aí uma reedição de “Purple Rain” com um disco cheio de inéditos.

Faz um ano que, ainda mal refeitos do desaparecimento de David Bowie, ouvíamos a notícia da morte de Prince… Mal imaginávamos ainda que 2016 teria mais dois nomes da mesma dimensão a juntar a esta lista de despedidas (Leonard Cohen e George Michael)… Mas a 21 de abril de 2016 as atenções concentravam-se em volta de Paisley Park, um complexo de estúdios incluindo uma zona residencial que representava há muito não só o espaço de trabalho de Prince como era uma das suas residências.

Um ano depois, e com o caso jurídico envolvendo gestão das suas propriedades e legado ainda não plenamente resolvido, Prince continua a ser um nome na ordem do dia. Não só a Billboard confirmou que foi o artista que mais discos em suportes físicos vendeu em 2016 (com 2,23 milhões de álbuns, superando os 2,21 de Adele) e que, no total combinado de LP, CD e downloads vendidos atingiu um número de 7,7 milhões de cópias. Nos suportes físicos o disco mais vendido foi a antologia de 2001 The Very Best of Prince (668 mil), seguido pelo clássico de 1984 Purple Rain (498 mil).

Desde a morte de Prince foi apenas oficialmente lançado um disco. Trata-se da antologia Prince 4Ever (lançada em novembro), que incluía o inédito Moonbeam Levels, um tema gravado em 1982. Mais adiante, e depois de concluídas negociações com várias editoras, a Warner colocou a sua fatia do repertório nos serviços de streaming (algo que nos últimos tempos de vida de Prince era um exclusivo do Tidal). A Universal ficou entretanto com os direitos de exploração do catálogo restante, embora notícias recentes tenham dado conta que poderá ser feita uma contestação ao valor desse negócio.

A 9 de junho chega o primeiro grande lançamento com inéditos. Trata-se de uma versão DeLuxe do álbum de 1984 Purple Rain feita em três discos. Segundo revelou a Variety o primeiro corresponderá ao álbum original e o segundo a lados B dos singles e máxis editados por aqueles dias, não esquecendo naturalmente os edits para rádio e as versões longas. O terceiro disco inclui os tão desejados inéditos. Um deles, como revela ainda a Variety, é o longo The Dance Electric (que tem onze minutos de duração) e foi gravado pelo seu antigo companheiro de banda Andre Cymone. We Can F conheceu uma versão em Grafitti Bridge e surge em vários bootlegs. Electric Intercourse é uma balada que saiu do alinhamento final do álbum de 1984 para dar lugar a The Beautiful Ones. Possessed chegou a ser tocado na Purple Rain Tour. E Father’s Song, composto por Prince em colaboração com o seu pai, ouve-se numa sequência Purple Rain. Outros dos temas deste disco com inéditos gravados nesta época são Love and Sex, uma versão alternativa de Computer Blue, Velvet Kitty Cat, Our Destiny/Roadhouse Green ou Katrina’s Paper Dolls. Wonderful A, outro dos inéditos, é um dueto com Wendy & Lisa, que integravam os Revolution.

Até lá continuarão a chegar – via Warner – mais reedições dos máxis de Prince nos anos 80 e início dos 90. Para já, e para hoje, estava previsto o lançamento do EP inédito Deliverance, a ser editado pela Rogue Music Alliance. O caso entretanto está em tribunal, tendo sido emitida uma ordem que impede a sua venda até 3 de maio, o que obrigou a que fosse retirado de alguns serviços. A Pitchfork anunciou que, entretanto, a versão em single voltou a estar disponível, embora o EP continue sob a mesma ordem que trava para já as suas vendas. Mas esta manhã não constava pelo menos dos serviços de venda online com acesso em Portugal.

Podem ler aqui o obituário que publicámos há um ano
E aqui podem encontrar textos sobre todos os álbuns de Prince editados entre 1978 e 2006, parte de uma integral em curso que amanhã aqui continuará com um novo texto sobre Planet Earth, de 2007.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: